Mãe de Fernandinho sentiu o que? (Linguagem Corporal – SCAN)

Mãe de Fernandinho sentiu o que? (Linguagem Corporal – SCAN)
4.7 (94.18%) 55 vote[s]

Se você não for gastar, você pode ir embora No último jogo do Brasil na Copa de 2018 o placar foi aberto com um ponto para a Bélgica, devido à um gol contra do jogador Fernandinho o Brasil acabou perdendo esse jogo e assim, sendo eliminado pela Bélgica pelo placar de 2 x 1 O jogador Fernandinho recebeu várias críticas sobre sua performance no jogo, e evidentemente, pelo gol contra Muitas pessoas apoiaram o jogador e uma dessas pessoas foi a repórter Glenda "poxa vida o Fernandinho não merece isso" "Eu tava sentada ao lado da Ane, a mãe do Fernandinho" Dizem que mãe sempre apoia, mas será que a mãe do Fernandinho tinha motivos concretos, para acreditar que o filho faria uma boa jogada ou era mero apoio pelo fato de ela ser a matriarca do jogador Sua linguagem corporal em um depoimento recente antes mesmo do início da Copa nos mostra seus sentimentos pela profissão do filho

"A maior emoção que ele me deu na vida" Boca aberta, lábios esticados na horizontal pelo músculo risórios, elevação da pálpebra superior: Medo Contrações no músculo mentalis, depressor do canto dos lábios e depressor do lábio inferior, uma micro expressão de tristeza E pela pausa decorre em seguida, juntamente com não visualização, podemos supor que essa é uma pauta difícil de ser verbalizado para ela

"foi quando ele começou a jogar" Isso é tristeza? Na verdade o que temos aqui é uma transição emocional espremida na face O que ocorre é que, como o cérebro processa as emoções de maneira muito mais rápida do que a musculatura facial pode acompanhar acabamos tendo expressões que dão a impressão de serem duas ao mesmo tempo, mas conforme evidenciado em 'Emotions Revealed' e em 'Descartes Error', a face revela apenas uma emoção de cada vez, e aqui por mais que tenhamos AU15 e AU17 temos contratações no zigomático maior juntamente com orbicularis oculi: e isso é felicidade "ele fez aquele gol, é em 2003 que foi campeão, o Brasil foi campeão mundial sub 20, essa foi a emoção porque foi

" "o dia que foi pra assistir esse jogo, foi uma forma muito difícil" "é o dono de um bar lá onde eu morava em Ribeirão Preto, ele me expulsou do bar, que ele achava que eu tava pedindo" Aqui vemos AU20 + 25 + 26, AU5 + 1 + 2: Medo novamente E pela inspirada funda, juntamente com a dificuldade de manter uma fluidez verbal, podemos intuir que ela está oscilando entre vivenciar essa memória e processar uma maneira lógica de relatar a mesma "eu tava procurando um lugar pra assistir o jogo" Esse tipo de gesto com a boca, pode ser considerado uma tentativa de pacificação emocional, assim como mordiscar dos lábios é uma tentativa de gerar serotonina na corrente sanguínea, para diminuir os níveis de estresse emocional "

só que eu não assisti o jogo, ele falou 'você vai gastar? Se você não for gastar você pode ir embora'" AU2o + 25 e AU5: medo novamente "tinha uma pizzaria aberta, cheia de sabão assim, com o muro aberto" Aqui temos um ponto muito interessante: Ela fala "tinha uma pizzaria aberta cheia de sabão" uma frase sem sentido racional algum O correto racionalmente seria: "tinha uma pizzaria que estava aberta, porém estava sendo lavada pelos funcionários" mas essa frase irracional, juntamente com o gesto ilustrador avançando à mão, indicam alta congruência emocional neste momento aqui ela vivencia a sua memória, como se fosse transportada para aquele momento novamente "

a televisão ali passando o jogo, eu encostei escondidinha, já com receio deles me tocarem de lá" AU20 + 25 + 27 + 1 + 2 e 5: Medo Juntamente com 'Turtle effect' como se ela estivesse novamente se escondendo "eu encostei escondidinha, já com receio deles me tocarem de lá, né?" "fiquei assistindo o jogo do lado de fora, aí eu falei, a mulher me viu assim, eu falei: Posso ficar aqui vendo? "Ela falou 'Pode, só não vou te chamar porque aqui dentro ta muito cheio de sabão' Eu falei 'Tudo bem!" Elevações dos cantos dos lábios, juntamente com contrações do orbicularis oculis: Felicidade O AU28 neste momento, o sugador dos lábios, representa sua tentativa de segurar essa emoção de felicidade "aí ele estava no banco, aí eu já fiquei feliz, não tem problema que não jogou, mas ta no banco né" "e hoje eles vão ganhar, aos 44 minutos, o técnico mandou ele entrar" "ele entrou e marcou o gol de cabeça" O mesmo jogador que fez um gol decisivo para uma final de Copa do mundo fez um gol trágico em outra Copa do mundo, mas no futebol são 11 em campo não existe vitória nem derrota de um jogador apenas de um time