Hipnose – Álcool ajuda ou Atrapalha? – ft. Sean Michael Andrews

Hipnose – Álcool ajuda ou Atrapalha? – ft. Sean Michael Andrews
4.8 (95.03%) 342 vote[s]

Bom dia Brasil! Aqui é Sean Michael Andrews, o hipnotista mais rápido do mundo! Alberto me pediu para falar um pouco sobre o álcool e seus efeitos na hipnose No ano passado fiz um experimento para determinar os efeitos do álcool na hipnose

E foi dessa maneira que eu o organizei: um grupo de controle que apenas bebia água e um grupo experimental que bebeu álcool Antes de começarem a beber, eu hipnotizei o grupo e pedi para eles estimarem a profundidade da hipnose em que eles entraram Todos eles eram hipnotistas experientes e tinham um bom senso da profundidade que eles entraram naquele transe em particular E a bebedeira começou! Descobrimos que o grupo que bebeu álcool entrou em transe muito mais rápidamente, mais facilmente e mais profundamente do que o grupo que bebeu apenas água E esse resultado confirmou um outro experimento que foi feito no Reino Unido há alguns anos

Uma coisa a se lembrar é que apesar de o álcool permitir as pessoas a entrarem em transe mais facilmente e de forma mais rápida, existe um ponto da bebedeira em que o sujeito tem problemas para se concentrar Agora, eu não estou advogando a ideia de seus clientes chegarem na sessão de terapia e tomarem algum drinque antes da sessão! Então, sabemos que uma quantidade moderada de álcool vai encorajar a hipnose No entanto, após passarem das duas ou talvez três doses, não será bom porque o sujeito terá problemas para se concentrar Então, pense da seguinte maneira: uma caipirinha, uma hipnose muito boa Duas ou mais não será tão bom assim para a concentração e, portanto, não será bom pra hipnose

Esse foi o hipnotista mais rápido do mundo: Sean Michael Andrews